quarta-feira, 18 de abril de 2012

Pela unidade na Mata Sul






    FOTO(Usina Catende, na Zona da Mata pernambucana, cuja massa falida foi posta à venda)
A Comissão de Representação da Assembleia Legislativa, criada na última quarta-feira (11) com o objetivo de acompanhar o leilão público da Usina Catende, defende a permanência do parque industrial na Mata Sul por, no mínimo, 20 anos. O deputado Aluísio Lessa (PSB) usou a tribuna da Casa, ontem à tarde, para registrar esse apelo à Superintendência Estadual do Banco do Brasil (BB) e às Secretarias Estaduais de Agricultura, Articulação Social e Casa Civil. “A usina é ponto de equilíbrio econômico e social ”, argumentou. O leilão será realizado no próximo dia 30 de maio pelo Banco do Brasil. 

“A finalidade é evitar que a usina, que funciona há 16 anos como massa falida, seja prejudicada”, observou Lessa, acrescentando que mais de quatro mil famílias dependem dela financeiramente. Além do socialista, também integram o grupo os deputados Antônio Moraes (PSDB), Henrique Queiroz (PR), Rildo Braz (PRP) e Zé Maurício (PP). 

Aluísio Lessa informou que a comissão iria se reunir, ainda ontem, como o novo superintendente do Banco do Brasil em Pernambuco, Luís Alves Júnior. A entidade financeira é um dos maiores credores da usina. O parlamentar também informou que o colegiado visitará a Usina Pindorama, em Alagoas, que atravessou situação semelhante à da Usina Catende. 

Em partes, Maviael Cavalcanti e Tony Gel, ambos do DEM; Zé Maurício e Henrique Queiroz também se pronunciaram. “O maquinário pouco vale devido ao tempo de uso. O importante são as terras, que deveriam ser loteadas e distribuídas com os trabalhadores”, frisou Cavalcanti, defendendo também assistência técnica para os assentados. 

A preocupação de todos, de acordo com Queiroz, é que a usina comece a ser desmontada e seja desqualificada antes de ir a leilão. “Há denúncias que o desmonte já ocorre”, lamentou o parlamentar, informando que os fornecedores de cana de açúcar estão comprometidos a viabilizar a matéria prima para a empresa que adquirir e quiser soerguer a usina. 

Zé Maurício parabenizou Lessa e registrou a importância do tema. Tony Gel alegou que muitos trabalhadores passam necessidade e “que é preciso encontrar, urgentemente, uma solução para o caso”.
 Publicado no Diário Oficial do Estado (D.O.E.) em 18/04/2012.
(FOTO:Usina Catende, na Zona da Mata pernambucana, cuja massa falida foi posta à venda
 http://www.anovademocracia.com.br/no-45/1787-em-catende-se-produz-cana-fome-e-miseria)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Google+ Followers

Total de Visitantes

Blog do Deputado José Maurício Ferreira